Processo Seletivo – Professor Agregado
19/02/2019

A Escola de Relações Internacionais da FGV (FGV RI) abre processo seletivo para a contratação de um(a) Professor(a) Agregado(a), em tempo integral, com início a partir da primeira semana de abril (ou tão logo quanto possível a partir dessa data). Aceitam-se candidaturas para dois níveis de carreira – Agregado I (título de mestre) e Agregado II (título de doutor). Os salários iniciais são, respectivamente, R$ 5.273, 64 e R$ 8.058,31. Para cada nível há três promoções possíveis, em função de avaliações obrigatórias e periódicas conduzidas pela Direção.

Os professores agregados da FGV RI possuem compromisso com a Escola em tempo integral, dividindo suas atividades entre ensino e provisão de serviço institucional, como a organização de eventos acadêmicos, o acompanhamento de alunos em modelos de negociação no país e no exterior, a orientação de projetos de iniciação científica, a condução de atividades de extensão, a colaboração com o Centro de Carreiras e a Clínica de Habilidades da Escola e/ou outras tarefas de auxílio à Direção da Escola. A distribuição do tempo dos professores agregados entre as várias atividades sob sua responsabilidade é estabelecida, a cada semestre, em função das necessidades da Escola.

Os professores agregados da FGV RI não possuem obrigação ou metas de pesquisa, publicação ou atração de financiamento à pesquisa. No entanto, participam ativamente da vida intelectual da Escola por meio do seminário regular de pesquisa e das equipes de pesquisa da Escola. Os professores agregados podem candidatar-se a financiamentos disponibilizados pela Escola para participação em eventos acadêmicos nacionais e internacionais, ao programa de financiamento interno da Rede de Pesquisa Aplicada da FGV, assim como a editais de financiamento de instituições de fomento nacionais e internacionais.  Sobretudo, incentiva-se o engajamento dos professores agregados nas redes nacionais e internacionais de debate sobre qualidade de ensino em Relações Internacionais, tais como ABRI, ISA, ABCP, APSA e outros. Professores agregados ainda podem ministrar cursos de pós-graduação, de educação à distância, etc.

Candidatos competitivos para esta chamada deverão ter especialização temática e sólido treinamento metodológico em uma das seguintes áreas: Teoria de Relações Internacionais, Economia Política Internacional, Política Comparada ou Ciência de Dados. A experiência pregressa não é um critério essencial, mas os candidatos devem oferecer evidência crível de seu compromisso com a excelência no ensino e no cumprimento das funções administrativas da Escola. Em língua inglesa, a nomenclatura de professor agregado da Escola de Relações Internacionais da FGV é Adjunct Professor.

Desde 1944, a FGV é um centro de excelência sem fins lucrativos que se dedica à pesquisa e à docência. Em 2019, fomos classificados entre os 6 melhores think tanks do mundo, de acordo com o Global Go To Think Tanks da Universidade da Pensilvânia. Nossos programas de graduação e pós-graduação alcançam os maiores índices em todas as avaliações nacionais realizadas por Capes, CNPq e Guia do Estudante Abril.

A FGV adota políticas de igualdade. Dúvidas adicionais podem ser enviadas ao vice-diretor da Escola de RI, Matias Spektor (matias.spektor@fgv.br).

Candidatos interessados devem enviar os seguintes documentos para ri@fgv.br: carta de intenções, currículo e dois capítulos da dissertação de mestrado ou da tese de doutorado (ou dois artigos publicados em revistas acadêmicas com avaliação por pares).  A data limite para as inscrições é 11 de março de 2019

 

Copyright © 2019 CPDOC

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede