Professor Eduardo Mello comenta o modelo de presidencialismo brasileiro
04/05/2018

O professor Eduardo Mello, ao Jornal Gazeta do povo em matéria sobre ministérios visados por políticos brasileiros, comentou que o modelo de presidencialismo vigente no Brasil é resultado de uma opção que preserva o clientelismo e a patronagem. Para o professor, tal concessão de favores “é um dos elementos-chave de como o sistema consegue ser estável. Assim, nenhum presidente poderá, nunca, se fechar, nem falar que não quer participar disso”.
Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Copyright © 2021 CPDOC

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.