Oliver Stuenkel analisa a oitava edição da Cúpula das Américas
24/04/2018

Segundo o professor Oliver Stuenkel, em artigo no Council of Councils, ao invés de a Cúpula das Américas deste ano ter se transformado em uma oportunidade para políticos, acadêmicos e estrategistas compartilharem ideias sobre o futuro da região, o sentimento predominante foi de pessimismo com relação a cooperação. O professor destacou que não é possível ignorar o fato de que a Cúpula foi uma oportunidade perdida em proporções épicas: muitos governos nacionais não terão meios para resolver seus problemas domésticos se não visarem a adoção de uma política regional; por exemplo, o governo brasileiro não poderá melhorar a política de segurança na cidade do Rio de Janeiro sem também melhorar a segurança de fronteiras com os países vizinhos ou sem cooperar regionalmente acerca do crime organizado.
Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Copyright © 2020 CPDOC

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede