Vasco Leitão da Cunha

Sigla: VLC

Dados Biográficos

Titular: Vasco Tristão Leitão da Cunha

Filiação: José Maria Tristão Leitão da Cunha e Agnes Reidy Leitão da Cunha

Nascimento: 2/9/1903, Rio de Janeiro, RIO DE JANEIRO, Brasil

Cônjuge: Virgínia Maria Leitão da Cunha

Falecimento: 12/6/1984, Rio de Janeiro, RIO DE JANEIRO, Brasil

Formação Acadêmica

  • Ensino Superior (graduação), Direito, Faculdade de Direito, Rio de Janeiro (DF), 1925

Principais Atividades

  • Chefe de gabinete, Ministério da Justiça e Negócios Interiores1941,1942
  • Delegado, Comitê Francês de Libertação Nacional, Argélia1943,1943
  • Encarregado de negócios, Embaixada do Brasil na Itália1944,1944
  • Cônsul-geral, Embaixada do Brasil em Genebra1945,1946
  • Delegado, Assembléia Geral da ONU, 1ª1946,1946
  • Encarregado de negócios, Embaixada do Brasil na Espanha1946,1950
  • Delegado, Comissão Especial da ONU para os Bálcãs1947,1948
  • Ministro, Embaixada do Brasil na Finlândia1950,1952
  • Secretário-geral, Ministério das Relações Exteriores1953,1954
  • Ministro de Estado - interino, Ministério das Relações Exteriores1954,1954
  • Embaixador, Embaixada do Brasil na Bélgica1954,1956
  • Embaixador, Embaixada do Brasil em Cuba1956,1961
  • Membro, Comissão de Bons Ofícios da ONU para o Sudeste Africano1958,1959
  • Secretário-geral, Ministério das Relações Exteriores1961,1961
  • Embaixador, Embaixada do Brasil na União Soviética1962,1964
  • Ministro de Estado, Ministério das Relações Exteriores1964,1965
  • Embaixador, Embaixada do Brasil nos Estados Unidos1966,1968

Outras Atividades

Ingressa no Itamarati (1927); secretário da legação no Peru e nas embaixadas em Portugal, Argentina e Chile (1928-1939); cônsul-geral em Roma (1944); delegado suplente à reunião da Comissão Preparatória da Organização das Nações Unidas (1945); chefe do Departamento Político e Cultural do Ministério das Relações Exteriores (1952-1953); membro do conselho de administração do Banco Mercantil de São Paulo S.A. e do conselho consultivo internacional da Morgan Guaranty Trust Company of New York, dentre outras empresas.

Documentos Textuais

  • Manuscritos - 10117

Documentos Impressos

  • Livros - 72
  • Periódicos - 25
  • Exemplares de Periódicos - 29

Documentos Audiovisuais


  • Iconografia
    • cartão postal - 1
    • cartão postal + foto - 23
    • foto - 202

Análise da Documentação

DOCUMENTOS TEXTUAIS: o arquivo está organizado em 8 séries: DOCUMENTOS PESSOAIS, CORRESPONDÊNCIA, SECRETÁRIO, MINISTRO, EMBAIXADOR, PRODUÇÃO INTELECTUAL, DOCUMENTOS DIVERSOS E RECORTES DE JORNAIS. O material é constituído basicamente de correspondência e possibilita a recuperação da carreira diplomática do titular. Os documentos que abrangem o período de 1928 a 1939 retratam de forma não sistemática a atuação de Vasco Leitão da Cunha em Lima, Lisboa e Buenos Aires. No que diz respeito à sua passagem pelo Ministério da Justiça e Negócios Interiores, adquirem relevância os registros sobre o incidente ocorrido entre o titular e Filinto Müller em 1942 diante da recusa do chefe de polícia em permitir a realização da passeata convocada pela União Nacional dos Estudantes-UNE com o objetivo de exigir a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial. Os documentos relativos ao conflito internacional tratam particularmente da atuação do titular como delegado brasileiro junto ao Comitê Francês de Libertação Nacional, em Argel, do desempenho da Força Expedicionária Brasileira na Itália e da crise desencadeada pela assinatura do armistício entre esse país e as forças aliadas. O arquivo possui ainda material de cunho administrativo referente ao Ministério das Relações Exteriores, além de numerosos documentos sobre a atuação de Vasco Leitão da Cunha como embaixador na Bélgica, em Cuba, na União Soviética e nos Estados Unidos, e como ministro das Relações Exteriores, destacando-se os seguintes temas: a revolução cubana, as reuniões e assembléias internacionais da OEA e da ONU, o asilo diplomático, o movimento político-militar de 1964, a criação da Força Interamericana de Paz e o rompimento diplomático do Brasil com a Venezuela e Cuba. Especificamente sobre a gestão de Vasco Leitão da Cunha como embaixador nos Estados Unidos, distingue-se seu pronunciamento no Pentágono intitulado "Desenvolvimento econômico e segurança coletiva". Encontra-se também no arquivo uma correspondência do titular, de caráter pessoal, com colegas de carreira e com a família. Período abrangido: 1927-1978. DOCUMENTOS AUDIOVISUAIS: os documentos refletem principalmente a carreira diplomática do titular, com destaque para sua participação na Comissão Especial da ONU para os Bálcãs, seu encontro com a rainha Elisabeth, da Bélgica, e com Fulgêncio Batista, além de sua participação como delegado brasileiro no Comitê Francês de Libertação Nacional. Período abrangido: 1942-1971. DOCUMENTOS IMPRESSOS: o material oferece informações sobre a política externa brasileira, as relações internacionais, a OEA, o direito internacional público e a diplomacia. Inclui também quatro discursos do titular. Período abrangido: 1930-1976.