Quintino Bocaiuva

Sigla: QB

Dados Biográficos

Titular: Quintino Antônio Ferreira de Souza

Filiação: Quintino Ferreira de Sousa e Maria Candelária Moreno de Sousa

Nascimento: 4/12/1836, Itaguaí, RIO DE JANEIRO, Brasil

Cônjuge: Luísa Amélia de Almeida Costa e Ana Bianca Rossi

Falecimento: 11/7/1912, Rio de Janeiro, RIO DE JANEIRO, Brasil

Principais Atividades

  • Fundador, Partido Republicano1870,1870
  • Redator, Manifesto Republicano de 18701870,1870
  • Redator-chefe, A República1872,1872
  • Diretor, O Globo1881,1883
  • Diretor, O País1884,1884
  • Ministro de Estado, Ministério das Relações Exteriores1889,1891
  • Chefe, Partido Republicano1889,1889
  • Ministro de Estado - interino, Ministério da Agricultura1889,1890
  • Senador constituinte, Assembléia Nacional Constituinte de 18911891,1891
  • Senador, Partido Republicano1892,1900
  • Presidente de estado, Governo do estado do Rio de Janeiro1900,1903
  • Senador, Partido Republicano1904,1904
  • Senador, Partido Republicano1909,1912
  • Vice-presidente, Senado Federal1909,1912
  • Fundador, Partido Republicano Conservador1910,1912

Outras Atividades

Assume a direção de "O Diário do Rio de Janeiro" (1865); organizador do serviço de colonização do Brasil para a Sociedade Brasileira de Imigração, sediada nos Estados Unidos (1866-1867); colaborador em diversos periódicos e proprietário de "O País"; autor de vários livros, destacando-se "Estudos críticos e literários" (1858), "Os mineiros da desgraça" (1861), "Os nossos homens, retratos políticos e literários" (1864) e "A crise da lavoura" (1868).

Documentos Textuais

  • Manuscritos - 2427

Documentos Impressos

  • Livros - 11
  • Periódicos - 2
  • Exemplares de Periódicos - 2

Documentos Audiovisuais


  • Iconografia
    • cartão postal - 1
    • cartão postal + foto - 18
    • foto - 40
    • imagem impressa - 19

Histórico

Remessa(s)de documentos encaminhados ao CPDOC após a organização do arquivo encontra(m)-se aguardando tratamento.

Análise da Documentação

DOCUMENTOS TEXTUAIS: o arquivo está organizado em 5 séries: CORRESPONDÊNCIA, IMPRENSA. ASSUNTOS PARTICULARES, PRODUÇÃO INTELECTUAL E RECORTES DE JORNAIS. Os documentos do arquivo fornecem informações relativas ao final do segundo Reinado e início da República. O arquivo inclui intensa correspondência de Quintino Bocaiúva com políticos, jornalistas e empresários que participaram da campanha republicana, bem como registros correspondentes à sua gestão no Ministério das Relações Exteriores, destacando-se a questão de limites do Brasil com a Argentina, Uruguai e Bolívia, e o Tratado de Montevidéu de 1890. Existem poucos documentos relativos à atuação do titular no Senado e no governo do estado do Rio de Janeiro. O arquivo fornece subsídios para a investigação da história da imprensa no Brasil, através da produção de Quintino Bocaiúva como jornalista político de diversos periódicos, registrando ainda assuntos administrativos e financeiros, principalmente do jornal "O País". Período abrangido: 1885-1912. DOCUMENTOS AUDIOVISUAIS: os documentos referem-se principalmente à vida familiar de Quintino Bocaiúva. Destacam-se as fotografias do Tratado de Montevidéu, em 1890, das viagens do presidente argentino, general Julio Roca, ao Brasil e de Campos Sales à Argentina, além de eventos e episódios ocorridos durante a gestão do titular no governo do estado do Rio de Janeiro. Período abrangido: 1889-1913. DOCUMENTOS IMPRESSOS: o material fornece informações sobre a organização e o programa do Partido Republicano federal, incluindo, entre outras publicações, os etatutos da Sociedade Beneficente Amparo Operário e uma biografia de Ferreira Viana Filho sobre Quintino Bocaiúva. Período abrangido: 1866-1900.