Cordeiro de Farias

Sigla: CFa

Dados Biográficos

Titular: Oswaldo Cordeiro de Farias

Filiação: Joaquim Barbosa Cordeiro de Farias e Corina Padilha Cordeiro de Farias

Nascimento: 16/8/1901, Jaguarão, RIO GRANDE DO SUL, Brasil

Cônjuge: Avani Barcelos Cordeiro de Farias

Falecimento: 17/2/1981, Rio de Janeiro, RIO DE JANEIRO, Brasil

Principais Atividades

  • Comandante, Destacamento da Coluna Prestes1924,1927
  • Interventor federal, Governo do estado do Rio Grande do Sul1938,1943
  • Comandante, Força Expedicionária Brasileira1944,1945
  • Comandante, Escola Superior de Guerra1949,1952
  • Governador, Governo do estado de Pernambuco1954,1958
  • Presidente, Comissão Militar Mista Brasil-Estados Unidos1959,1961
  • Chefe, Estado-Maior das Forças Armadas1961,1961
  • Ministro de Estado, Ministério Extraordinário Coordenação Organismos Regionais1964,1966

Outras Atividades

Participou das revoltas de 1922 e 1924; combateu a Revolução Constitucionalista de 1932 e a Revolta Comunista de 1935; um dos principais articuladores do golpe de 1964.

Documentos Textuais

  • Manuscritos - 2533

Documentos Impressos

  • Livros - 123
  • Periódicos - 25
  • Exemplares de Periódicos - 220
  • Artigos de Periódicos - 11

Documentos Audiovisuais


  • Iconografia
    • cartão postal - 69
    • cartão postal + foto - 588
    • cartaz + foto - 26
    • foto - 5702
    • imagem impressa - 92

Análise da Documentação

DOCUMENTOS TEXTUAIS: o arquivo está organizado em 6 séries: DOCUMENTOS PESSOAIS, TRAJETÓRIA DE VIDA, DIVERSOS, DOCUMENTOS COMPLEMENTARES, RECORTES DE JORNAIS E REMESSA SUPLEMENTAR. O arquivo Cordeiro de Farias fornece importantes subsídios para pesquisadores interessados na história do Exército e dos governos militares, além de diversos episódios da história política brasileira. Destacam-se dossiês sobre a Revolução de 1930, a Força Expedicionária Brasileira, a questão da disputa entre Marinha e Aeronáutica pelo controle da aviação embarcada e a crise do governo João Goulart, entre outros. São também importantes os dossiês que registram a atuação de Cordeiro de Farias à frente da interventoria no Rio Grande do Sul, do governo de Pernambuco e do MECOR. Período abrangido: 1922-1981. DOCUMENTOS AUDIOVISUAIS: as fotografias retratam a trajetória do titular como militar e político. A interventoria no Rio Grande do Sul é documentada, com destaque, por um álbum sobre as atividades da juventude nazista no Rio Grande do Sul. Existe farta documentação sobre sua campanha ao governo de Pernambuco, em 1954, bem como sobre sua atuação no Ministério Extraordinário para a Coordenação dos Organismos Regionais. Conta ainda com imagens sobre a participação brasileira na Segunda Guerra Mundial, entre outros assuntos. Período abrangido: 1914-1981. DOCUMENTOS IMPRESSOS: o material abrange fundamentalmente publicações sobre a Força Expedicionária Brasileira, encontrando-se também impressos sobre a atuação do titular à frente da interventoria no Rio Grande do Sul, do governo de Pernambuco e do Ministério Extraordinário para a Coordenação dos Organismos Regionais. Destacam-se ainda as conferências pronunciadas na ESG e estudos sobre a segurança nacional e o golpe de 1964. Período abrangido: 1920-1980.