Tentativas de Mediação Brasileira no Oriente Médio: uma avaliação
Auditório do 6º andar (FGV-EESP). Rua Itapeva, 474, Bela Vista – São Paulo/SP - 01/11/2013 - 15:00

Nos últimos anos, o Brasil tem adotado uma postura diferente diante das crises médio-orientais. O ano de 2010 marca um interesse brasileiro inédito em contribuir para a resolução de tais crises: a diplomacia brasileira buscou integrar a mediação internacional no conflito israelense-palestino, assinou um acordo com o Irã e a Turquia com vistas a acabar com a crise nuclear e dispôs-se a colaborar com a Rússia e com os Estados Unidos em busca de uma solução negociada na Síria. No entanto, nenhuma dessas propostas teve o apoio das grandes potências tradicionais.

Com mediação de Elena Lazarou e participação de especialistas de destaque, a presente palestra tem como objetivo analisar e avaliar os esforços brasileiros, identificando tanto os elementos da estratégia brasileira que precisam ser aprofundados quanto os erros na estratégia de política externa, dada a configuração do sistema internacional.

Participantes:

Elena Lazarou: Coordenadora do Centro de Relações Internacionais - CPDOC da FGV.

Cecilia Baeza: Pesquisadora do CNPq na Universidade de Brasília e Professora Horista de Relações Internacionais na FGV.

Elodie Brun: Professora Visitante do Instituto de Relações Internacionais da USP.

Guilherme Casarões: Professor Horista de Relações Internacionais na FGV e nas Faculdades Integradas Rio Branco.

Salem Nasser: Professor de Direito Internacional na Fundação Getulio Vargas e Diretor do ICARABE.

Inscrições gratuitas. Vagas limitadas. Clique aqui e inscreva-se.

Mais informações: cpdoc.sp@fgv.br

Copyright © 2021 CPDOC

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.