Oliver Stuenkel diz que o protecionismo norte americano deve impactar menos no Brasil do que há dez anos
09/03/2018

Oliver Stuenkel, em comentário à Heloísa Mendonça do jornal El País, citou os impactos das possíveis medidas comerciais de Trump, em contexto das recomendações do Banco Mundial ao Brasil.

Segundo o Banco, o Brasil deveria mudar sua postura de economia fechada. Paralelamente, Trump adota medidas consideradas protecionistas; no entanto, o impacto disso não é mais equivalente a como era há alguns anos, pois atualmente o principal parceiro comercial brasileiro é a China.

O professor afirmou que "a atuação dos EUA vai contra uma corrente que tem predominado desde o ano 90, de globalização e maior competição. Mas o protecionismo atual americano deve impactar menos do que se essa medida tivesse sido tomada há 10 anos".

Para ler o artigo na íntegra, clique aqui.

 
Copyright © 2018 CPDOC

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede