Collor estadista?
27/02/2012

Fernando Collor de Mello: sua performance econômica foi desastrosa, a corrupção uma vergonha nacional e a capacidade de fazer inimigos um fenômeno. Sem dúvida alguma, o país respirou aliviado ao vê-lo partir. No aniversário de vinte anos de sua queda, a abertura de arquivos permite reavaliar seu papel como diplomata. O resultado é surpreendente.

Leia mais na coluna de Matias Spektor na Folha.com, em 27/2/2012.

 
Copyright © 2017 CPDOC

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede