Sessão especial do "Seminário de História Global e Transnacional" no RJ: "The Great Chernobyl Mystery: Why do we know so little about health effects from radiation?"
Praia de Botafogo, 190, auditório 1014, Rio de Janeiro/RJ - 10/08/2017 - 14:00

 

CONEXÕES V
Seminário de História Global e Transnacional
                                                    
Nas últimas décadas, sob o título de “global” ou de “transnacional”, novos debates historiográficos e inéditas abordagens teórico-metodológicas das ciências sociais produzidas no eixo norte-Atlântico ganharam forma repercutindo o fenômeno da nova globalização, acelerado desde os anos 1970. Mais ao sul, ao mesmo tempo, mas antes de simplesmente importar essas novas grades de leitura e de, dessa forma, apenas renovar uma relação paroquial com a Europa ou os Estados Unidos, acadêmicos também têm lançado mão de investigações sobre linhagens e estilos de pensamento que não se circunscrevem mais ao fato nacional ou às fronteiras políticas do Estado-nação.
Pesquisas ao Norte e ao Sul do chamado mundo ocidental têm conhecido, assim, novos questionamentos e uma revalorização de conexões e transferências entre sociedades, culturas e espaços até então desmerecidos ou, simplesmente, desconsiderados.
O objetivo deste seminário é de criar, na Escola de Ciências Sociais da FGV, um fórum de debate que se transforme não somente em um espaço para que pesquisadores apresentem trabalhos produzidos a partir das perspectivas mencionadas, mas também para entender as relações e criar pontes de diálogo entre as diferentes novas práticas das pesquisas em ciências humanas e de contribuir para uma maior internacionalização da produção acadêmica brasileira.
 
Sessão especial: Entre conexões e desconexões
 
10/08 – Kate Brown (University of Maryland/Baltimore County): The Great Chernobyl Mystery: Why do we know so little about health effects from radiation?
The disaster at the Chernobyl Nuclear Power Plant in 1986 was the largest, civilian nuclear accident in human history. At the time and for years after, scientists called for a large-scale, long-term epidemiological study of the survivors. This study never occurred, and presently websites of United Nations’ agencies record the health damage from Chernobyl as 33 to 44 deaths of emergency workers and 6,000 “easily treatable” children’s thyroid cancers. Is that the extent of the damage? How can we be sure in light of the absence of a study?  Using newly opened archival documents, Brown explores how international regulatory agencies and research institutes expended a great deal of effort not know to about the effects of the Chernobyl accident, to limit research, and contain judgements. By focusing on controversies over low dose exposures and thyroid cancer, she shows what the science of political containment looked like and how it came about. 
A apresentação contará com mediação e comentários do prof. Alexandre Moreli, membro do Centro de Relações Internacionais e coordenador do PPHPBC do CPDOC/FGV.
A sessão acontecerá em inglês e não haverá tradução simultânea. Não é necessário inscrever-se previamente para participar do seminário.
 


 

 
Copyright © 2017 CPDOC

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede