Ex-alunos

Depoimentos sobre o MBA em Relações Internacionais

 

Fernando Messineo Libano
Administrador, mestrando no Instituto Superior de Relações Internacionais e de Desenvolvimento (Genebra)

"Com mais de 10 anos de experiência na área financeira no setor privado, escolhi o MBA como opção que me permitia retomar os estudos sem exigir a interrupção da minha ocupação. Meu objetivo principal era conhecer melhor uma área que já era de meu interesse, apesar de não ter uma aplicação prática imediata no meu trabalho. Com o avançar do curso, porém, esse interesse na área cresceu e durante o segundo ano resolvi que utilizaria o MBA como ponte para uma mudança de carreira. Pesquisei sobre diversas escolas, conversei com os professores e, após os processos seletivos, encerrei as aulas do MBA já aprovado para um mestrado no exterior. Ler mais »

 

Alexandre Rodrigues
Jornalista

"Como jornalista, sempre me vi como um eterno estudante. Mesmo tendo ficado fora da sala de aula por mais de uma década depois da faculdade, sempre tive que fazer dever de casa. Escrevendo sobre política e economia, descobri logo que investigar todos os lados de um tema antes de uma entrevista fazia muita diferença na qualidade do que eu poderia entregar aos meus leitores.

Em 2011, um curso de aperfeiçoamento para jornalistas me levou aos Estados Unidos por três meses. Visitando redações de jornais e instituições como as Nações Unidas, comecei a ver o campo das Relações Internacionais como o ambiente favorável a uma ambição antiga: unir conhecimentos de política e economia. São duas disciplinas que caminham separadas nas páginas da imprensa, embora, no fim das contas, uma explique a outra. Ler mais »

 

Fernando Brancoli
Professor  assistente de Segurança Internacional na UFRJ e professor no MBA em Relações Internacionais da FGV

"Meu depoimento como ex-aluno do MBA em Relações Internacionais na FGV é um pouco curioso: atualmente, sou professor do mesmo curso e minha vida profissional está profundamente marcada pela decisão de cursá-lo. O objetivo de fazer parte do programa, na segunda turma em 2009, era de rearticular minha entrada no Brasil após alguns anos atuando internacionalmente. A decisão foi mais do que acertada e o MBA promoveu mais do que isso. Em primeiro ponto, tive como professores figuras importantíssimas do meio, com ideias e interpretações de mundo que modificaram profundamente a maneira com a qual eu observava o Sistema Internacional. Ler mais »

 

Marcos Alexandre Vieira
Administrador de empresas

"Uma visão holística e sofisticada sobre o ambiente internacional e maturidade para interpretar cenários complexos foram premissas essenciais para a escolha do curso. Com uma longa experiência na área corporativa e imerso em projetos com equipes multiculturais, o MBA em Relações Internacionais seria o background perfeito para abranger informações capazes de solidificar meu conhecimento sobre os países e a maneira coerente de interagir, estruturar e apoiar os mais diversos projetos e desafios que estou inserido. Ler mais »

 

Maria Carolina Loureiro
Professora associada de Neurologia e Saúde Global na PUC-SP

"Uma das características que mais me atraiu no MBA em Relações Internacionais foi o fato de ser um curso bastante abrangente em seu conteúdo e voltado para profissionais, visto que eu não teria tempo disponível para seguir a graduação em RI. Considero o curso relevante para pessoas cuja atividade profissional esteja voltada para questões internacionais ou que seja influenciada por medidas ou normas do cenário internacional. Pessoalmente, depois de ter participado da elaboração de uma parceria público-privada entre um hospital universitário e as autoridades ligadas à saúde pública, passei a ter maior interesse em promover a saúde a partir de uma perspectiva baseada na população em vez de fornecer cuidados de saúde em um nível individual. Ler mais »

 

Salomão Cunha Lima
Coordenador de Comunicação, Marketing e Relacionamento da Brasscom

"Fiz minha graduação em Relações Internacionais mas senti que precisava aprimorar meu entendimento do cenário internacional com maior detalhamento e aplicação prática em um ambiente onde meus colegas também tinham uma experiência internacional prática que agregava valor ao debate.

O MBA em Relações Internacionais da FGV me propiciou essa imersão. Professores altamente qualificados, colegas de turma preparados e experientes, aulas dinâmicas e participativas. Esses foram os ingredientes para ter aproveitado o melhor do curso e ter conseguido ascender em minha carreira profissional. Ler mais »

 

Vivian Mello
Assessora de Relações Internacionais e Governamentais da IFALPA

"Eu tinha um objetivo muito claro quando escolhi realizar o MBA de Relações Internacionais da FGV: mudar de carreira. Eu vinha de uma carreira de mais de 10 anos como assistente executiva em empresas de grande porte e estava extremamente insatisfeita e, tenho que confessar, infeliz com a minha vida profissional.

Aos 30 anos de idade tinha medo de começar um novo curso de graduação e depois ter dificuldades de me realocar no mercado devido à faixa etária. Era preciso traçar um plano e o MBA, por ter uma duração menor e uma grade curricular forte e consistente, poderia alavancar a minha mudança de carreira. Ler mais »

 
Copyright © 2017 CPDOC

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede